America do Norte Colorado Denver Estados Unidos MInhas Viagens parques Turismo Visitando

Denver parte 1 | Montanha Rochosas, Red Rock Park, hotéis e restaurantes

Depois de mostrar nossos passeios por Colorado Springs aqui, está no ar o primeiro post com as dicas de Denver. O que fazer na cidade, passeios incríveis, hotéis e restaurantes incríveis.

Neste primeiro post de Denver eu mostro o que fizemos nos primeiros 3 dias na cidade, pois como falei aqui no post com nosso roteiro pelo Colorado, ficamos 3 dias, seguimos para outra cidade e depois voltamos para ficar mais dois dias antes de pegar o voo de volta.

Veja nosso roteiro pelo Colorado aqui

Comece apertando o play (ou clicando aqui) para assistir o vídeo que gravamos por lá.

Fiz um mapa detalhado com todos os nossos hotéis e passeios em Denver e região. Neste mapa também, aparece a segunda parte da viagem que falarei em um post futuro com outro vídeo.

Clique no ícone com a setinha que aparece antes do título para ver todos os locais mercadinhos e separados por categoria. Vocês conseguirão ver inclusive os passeios que estavam em nosso roteiro e não tivemos tempo de fazer.

Agora vamos aos passeios que fizemos nesta primeira etapa em Denver…

Denver é a capital do Colorado, uma cidade grande, moderna e com altos e baixos. É uma cidade que dizem ter sol durante 300 dias no alto, com bons hotéis, ótimos restaurantes e vários passeios interessantíssimos ao seu redor e um ótimo local para uma bela road trip.

É possível ficar hospedado na cidade e fazer os vários passeios na natureza em atrações ao redor. As estradas são ótimas como em todas as rodovias americanas que já passamos. Mas como os passeios são distantes, o aluguel de carro é quase obrigatório para quem não quer depender de excursões.

Nosso primeiro hotel foi o Hotel Magnolia, hotel 4 estrelas que fica super bem localizado na região central, ao lado da rua do comércio e pertinho dos museus e restaurantes.

Alugue seu carro com desconto aqui

Assim como qualquer grande cidade, Denver tem seu problemas. Já tinha ouvido muita gente falar que Denver é uma cidade perigosa mas me assustei a toa. O que acontece é que principalmente no centro da cidade, nos ônibus gratuitos que cruzam a rua do comércios e em praças e parques há muitos moradores de rua. Mas não fomos incomodados em nenhum momento, nos garantiram que a área central de Denver é super segura e monitorada, então mesmo a noite saíamos sem medo.  Problemas que vimos em San Francisco, Nova York, Atlanta e outras grandes cidades do país.

Felizmente conseguimos aproveitar o que Denver tem de bom e adoramos nossos passeios.

O que sempre fazemos em nossas viagem, principalmente nos Estados Unidos, é consultar a previsão do tempo e organizar passeios externos desta forma. O  segundo e o quarto dia seria imprescindível que não chovesse, então já marcamos para conhecer o famoso Red Rocks Park & Amphitheatre. Local que já recebeu as grandes lendas da música mundial.

Fomos de carro e em menos de meia hora do nosso hotel já estávamos adentrando o portão do parque. Nos perdemos um pouquinho tentando entender as placas e onde ficava cada coisa, mas achamos tudo.

Paramos primeiro na parte de baixo do anfiteatro, como viram no vídeo. Vimos a parte do palco e a vista de baixo para cima das escadarias. Depois pegamos o carro e fomos até o grande estacionamento que fica lá no alto, na parte que estão o restaurante e o museu. Afinal, subir aquelas escadaria todas seria impossível para que não tem o joelho tão bom.

A entrada no parque e no museu é gratuita e você só pagará se quiser assisti algum show. Não havia nenhum durante a nossa estadia, mas dizem que é uma experiencia incrível. Os horários de funcionamento mudam a cada estação, então confira sempre o site oficial.

O museu é parada obrigatória para os fãs de música com muitos materiais de artistas que se apresentaram por lá, instrumentos e vídeos. Mas também há uma área explicando como o local foi construído no meio das rochas.

Nós marcamos para almoçar no The Ship Rock Grille, restaurante do parque que tem um pátio com uma vista linda. Fizemos a reserva pelo celular para garantir um lugar, mas chegamos lá e estava super tranqüilo já que ainda bem cedo. O restaurante é estilo americano e vale mais pela vista. Comemos uns lanches básicos só pela experiência, mas não espere nada especial.

O passeio que mais queríamos fazer era ir até o  Rocky Mountain National Park, um dos parques mais famosos do país. Um passeio que lembra o estilo do que fizemos em Yosemite (que explicamos aqui) mas bem mais fácil e acessível.

Saímos por volta das 9 da manhã do nosso hotel e pegamos a estrada até o parque. No mapa que eu coloquei acima vocês conseguem ver a distância mas levamos umas 2 horas guiados pelo Waze. A viagem é fácil e tranquila e as estradas estavam lindas com as árvores colorida do outono.

Chegando lá fomos até o visitors center pedir informações e descobrimos que não há restaurantes dentro do parque. Então teríamos que voltar para a cidadezinha para almoçar ou comprar comidinhas no mercado para fazer pic nic. Optamos pelo restaurante e fomos comer uma pizza bem gostosa no local que mostra no vídeo.

Já fica a dica. Leve sua comida ou já pare antes do portal do parque para almoçar. Há várias opções por lá.

Já sabe como escolher o melhor seguro de viagem para você e sua família ? Anote as dicas

Assim como em Yosemite (veja post com dicas aqui), pegamos o mapinha e fomos seguindo os pontos de interesse. Entre um ponto e outro há longas estradas então para dar a volta no parque todo gasta-se uma média de 4 horas. Durante o verão há um ônibus que faz este trajeto, mas quem estiver de carro vale mito mais a pena.

O parque estava fechando ao entardecer então tínhamos hora certa para dar a volta completa ou ir até o ponto mais alto e voltar por onde entramos. Apesar da neve qua havia caído no dia anterior as estradinhas do parque estavam abertas e conseguimos fazer o passeio completo.

É muito lindo e vale muito a pena. Subir a mais de 12 mil pés e ver as montanhas nevadas é sensacional e bem frio. Leve um super agasalho mesmo no verão. No inverno estes pontos ficam fechados então não é uma boa época para fazer o passeio.

Chegamos em Denver as 8 da noite então saiba que para visitar o parque é bom reservar o dia inteirinho para isso. Alias, já anote isso quando estiver programado o seu roteiro para não ter que deixar outros passeios de lado. Nós tivemos que abrir mão de alguns (coloquei no mapa) que ficaram para uma próxima viagem.

Dever tem vários museus e pontos históricos. O único que conseguimos visitar foi o Denver Art Museum, museu que fica pertinho do capitólio e tem uma arquitetura sensacional.

Fomos até o museu usando os ônibus de turismo que passam de 15 em 15 minutos na rua 16. Só entrar e sentar. Paramos na frente do Capitólio, atravessamos a praça e fomos andando até o museu. A praça do museu é belíssima, cheia de prédios modernos e esculturas gigantes ao lado de fora. Mesmo quem não gosta de museu deve dedicar um tempinho para visitar as construções locais. São lindíssimas.

Sobre os restaurantes que mostrei no vídeo, ainda falei um post com todos eles e outro vídeo com a nossa segunda etapa em Denver, novos hotéis e novos restaurante e passeios. Aguarde!

Aproveite e veja o post sobre Colorado Springs aqui. Uma cidade encantadora pertinho de Denver que realmente merece a sua visita.

Quer ver mais fotos de Denver e do Colorado, acompanhe a hashtag #SpicyvanillanoColorado no Instagram e nos siga em @Spicyvanillanomundo e @makeupatelier

.

O Spicy Vanilla esteve no Colorado a convite de Visit Colorado, Visit Denver.

Você também pode gostar...

Nenhum comentário

    Comente aqui

    Translate »