doces Gastronomia Receitas

#CinthiaNaCozinha | Meus preferidos para o brunch ou chá da tarde em casa

cha_da_tarde_casaPagando mais uma dívida com vocês leitores, hoje falarei das minhas descobertas do ano para montar um delicioso brunch ou chá da tarde, digno de um chef. Doce, salgados ou tudo misturado, do jeito que eu gosto.

Receitas super simples que são muito mais saborosas e saudáveis do que abrir um pacote de bolacha ou se jogar no fast food

pao_integral_levain

Vamos começar pelo artista principal dos meus brunchs, chás da tarde e muitas vezes, até meu jantar. O pão integral orgânico.

Desde que a padaria Le Pain Quotidien (fiz post aqui) abriu sua primeira unidade aqui em São Paulo, eu amo as tartines servidas no local e sou apaixonada pelo pão integral orgânico deles. Mas se antes eu sempre comia por lá e acabava comprando mais as pastas de chocolate (que estão em falta há séculos por sinal), este anos eu acabei trazendo a padaria para dentro de casa e, pelo menos a cada 15 dias, estou eu lá comprando um pão inteiro para trazer para minha casa.

O que eu mais gosto é o integral levain (aquele fermento natural e artesanal que dá um gostinho único e especial ao pão). Compro sempre o pão inteiro e peço para fatiarem.

Chegando em casa eu separo as fatias em saquinhos e levo ao freezer. Quando vamos comer, tiramos do freezer, colocamos no grill e pronto…parece que foi feito na hora.

grill_arno

Deixo descongelar no próprio grill sem nada. Quando o miolo fica macio e crocante, é hora de colocar a cobertura desejada e aproveitar muito.

Super prático, delicioso e muito mais saudável do que estes pães integrais de mercado.

cha_da_tarde_dicasAgora as delícias para acompanhar o pão. Estes 3 também foram minhas descobertas deste ano e são vício total. Geléias da Mathilda, creme de avelã Nocciolata e queijo de cabra com mel da Merci Chef.

Não vamos dizer que são coberturas baratas (giram em torno de 18 reais cada), mas são deliciosas, incríveis e transformam um lanchinho simples em uma explosão de sabor..

creme_avela_organicoVou começar pela Nocciolata, um creme de cacao e avelã italiano que eu encontrei pela primeira vez no setor de orgânicos do mercado St Marché e foi paixão instantânea.

É mais saborosa e menos doce que Nutella, tem ingredientes orgânicos e é super cremosa. No site da Nocciolata tem receitas bem interessantes que graças a pesquisa para este post, fui olhar e já estou com vontade hahaha.

Compro no St Marche ou na Casa Santa Luzia aqui em Sampa. Se alguém souber de algum outro lugar que venda, avise nos comentários.

nocciolata

Minha forma preferida de comer é por cima do pão já grelhadinho e coberto com morangos fatiados. Rápido fácil e delicioso. Impossível resistir.

Troco muita sobremesa complicada por aí por uma fatia deste.

geleias_mathildaA geléia Mathilda foi outra descoberta incrível. Sempre via o produto no St Marche e na padaria Marie Madelaine, mas foi depois que eu fiz por acaso um curso de geléias com a dona da marca é que fiquei encantada com a exclusividade do produto e comecei comprar para experimentar.

A Mathilda é uma empresa artesanal aqui de SP que usa a técnica original francesa com açúcar e ingredientes naturais na confecção dos sabores. No curso ela mostrou a quantidade de frutas que ela usa em cada sabor e a mistura de frutas perfeitas para não precisar nem de pectina que não seja a das próprias frutas. Tão diferente das coisas cheias de conservantes que vemos por aí.

Minha primeira paixão foi a de Maçã e vanilla, que é uma gelée, ou seja, é bem líquida e sem pedaços de frutas. O sabor é perfeito e as sementinhas naturais da vanilla dão um toque a mais. Este era o sabor que eu mais comprava e como no mercado a variedade era pouca, só fiquei encantada depois de entrar no site da marca e ficar louca com a variedade.

cha_da_tarde_confiture_mathilda

Agora a segunda paixão é recente. Um dia liguei na empresa para falar sobre uma geléia, comentei sobre a minha empolgação com a marca, e a fofa da Laetitia, criadora da Mathilda, disse que eu tinha que experimentar a de Damasco com amêndoas e me mandou para testar. Incrível… depois que você experimentar uma geléia natural e artesanal, aquelas industrializadas perdem totalmente a graça. Sério… não dá para comparar o sabor.

Esta de damasco e amêndoas é uma confiture, ou seja, uma geléia mais densa com pedaços de frutas. Esta tem muitas frutas, lâminas de amêndoas e um toque de limão. Um doce com um leve azedinho que é absurdamente delicioso.

Como eu disse, já comprei algumas no mercado St Marche, na padaria (que é deliciosa) Marie Madeleine e semana passada além de ganhar 3 sabores da marca, descobri que ela vende direto no site  Doce Mathilda e que, além de ser um pouquinho mais em conta do que eu pagava, tem mais sabores (mas no site só vende a partir de 5 potinhos). Lá no site também tem os outros pontos de venda.

tartine_brie_damasco

Na própria embalagem da geléia está a sugestão de consumí-la com queijo brie e foi o que eu fiz até ver o fundo do potinho. Fiz várias tartines com a dupla e fica divino.

Coloco o pão no grill, espero ficar levemente tostado, coloco a geléia e fatias do brie levemente derretido previamente no microondas. Ou se estou com o forno ligado, coloco a tartine lá dentro até o queijo derreter levemente. A combinação de sabores não poderia ser melhor.

queijo_cabra_melAgora depois de vários doces, hora de falar de uma descoberta salgada…. quer dizer, nem tanto rs.

Sou louca por queijo de cabra há muito tempo. Amo queijo feta, mas gosto de quase todos os queijos de cabra que tem. O sabor mais pronunciado me agrada muito.

Uma vez vi esta versão do queijo francês Merci Chef! com mel e arrisquei. Gente, é divino.

O toque de mel é leve e combina perfeitamente com o azedinho salgado do queijo.  Pena que ele é tão pequeno e caro, pois eu comeria todos os dias rs.

queijo_cabra

Uma das minhas tartines preferidas com ele é simples e especial. Mais uma vez levo o pão no grill para ficar levemente crocante, coloco o queijo frio mesmo por cima e umas nozes carameladas. Perfeito! Uma combinação de salgadinho, doce, macio e crocante. Sério!! Troco muito jantar chique que já experimentei por isso.

Eu derreto um pouco de açúcar na panela e quando ela começa caramelar eu jogo em cimas das nozes e pronto. Rápido e fácil de fazer. O açúcar endurece e fica crocante. Bom demais.

tartine_cabra_nozes

E para terminar, mas uma tartine que eu sempre faço, amo demais e também juro que é fácil e rápido de fazer.

Eu corto uma pera mais firme em pedaços, coloco em uma panela para cozinhar um pouquinho com um tiquinho de água. Quando a pera está macia eu coloco pedaços de queijo gorgonzola dentro e deixo derreter. Depois é só colocar a mistura no pão saído do grill e voilá…delícia total.

tartine_pera_gorgonzola

Agora se você leu tudo isso e me achou louca por misturar doce e salgado em quase tudo. Deixe o preconceito de lado e experimente algumas das receitinhas acima. Tenho certeza que a chance de gostar é bem maior do que você imagina.

E se você testar alguma combinação e curtir, me conte que eu ficarei bem feliz em saber.

Siga minhas aventuras gastronômicas no instagram (@makeupatelier) e pesquise por #cinthianacozinha.

Para ler todas as receitas que eu já postei aqui no blog é só clicar aqui.


Você também pode gostar...

4 Comments

  • Lucimara
    16/07/2014 at 10:15

    Viva!! O post que eu estava esperando !!
    Seguindo sua sugestão do instagram, fiz com queijo brie/damasco, queijo brie/nozes/mel. Vou comprar pêras para fazer com gorgonzola!
    Obrigada por compartilhar com a gente suas receitas e indicações!
    Bjos

  • Cinthia Ferreira
    16/07/2014 at 13:43

    Ebaaa ! Eu ia te avisar lá no insta 😉
    Que bom que gostou. Sempre que eu inventar uma nova postarei por lá.
    Bjsss

  • Lucia
    16/07/2014 at 20:45

    Adoro combinações doce/salgado, vou guardar esse post aqui e tentar recriar as receitas. Bjos!

  • Lucimara
    17/07/2014 at 10:35

    Obrigada!!! Vou ficar ligada , 😘

Comente aqui

Translate »