Europa Montreux Suiça Turismo

Suiça | Visitando o Castelo de Chillon

castelo_Chillon_suicaDepois de mostrar um dia cheio de atividades em Lausanne (aqui), hoje falarei do passeio que veio a seguir, um tour pelo Castelo de Chillon ou Château de Chillon .

Este foi o tal castelo medieval que me encheu de curiosidade quando passamos de trem em frente e eu não via a hora de visitá-lo.

Chateau_Chillon_suiss

O Castelo de Chillon é o castelo mais visitado no país e conhecido no mundo todo. Fica no Cantão de Vaud, pertinho de Montreux (4 km), cidade que falarei em breve. Aliás, quem estiver em Montreux pode pegar um ônibus e descer na frente do castelo.

Paramos o carro em frente e eu não sabia para que lado olhar. Como eu já disse em outros posts, a Suíça com certeza é o país com belezas naturais mais incríveis que já conheci.

Chateau_Chillon_outside

O contraste rústico do castelo com a beleza delicada do azul do céu, do lago e os picos branquinhos das montanhas transformam qualquer click da câmera em obras de arte. Foi difícil largar aquela beleza e entrar nos escuros e gelados corredores do castelo.

Chateau_Chillon_dentro

Dentro do castelo estão mobiliários, artefatos, armaduras, armas e peças de ápocas distintas. Um local com tanta história (desde 1150 de acordo com antigos documentos)  que é impossível imaginar tudo que já ocorreu no local.

Muitas construções, restaurações, mudanças e tudo muito organizado e preservado para receber visitantes do mundo todo.

O castelo é bem grande e visitamos das principais salas até os cantinhos mais escuros e gelados das salas subterrâneas e antigas e depressivas prisões. Aliás, pode ser sensível demais mas não curti nada o clima destes “cômodos” em questão.

Para os amantes de história, vale a pela dar uma olhadinha no site do castelo ou em português no wikipedia.

Chateau_Chillon_byron

Visitado por ilustres escritores, o Castelo de Chillon serviu de inspiração a muitos. Acima a assinatura de Lord Byron, (George Gordon Byron, 6º Barão Byron – Londres, 22 de janeiro de 1788 — Missolonghi, 19 de abril de 1824), considerado como um dos mais importantes poetas europeus e autor de  “The Prisoner of Chillon“.

Chateau_Chillon_window

Mas minha parte preferida ainda é a vista impressionante e inesquecível. Acho que só uma vista desta para ser feliz morando em um castelo de pedras no inverno da suiça rs.

Cada abertura nas rochas era um motivo para uma foto. Tem como resistir ?

Chateau_Chillon_jardim

 Além da vista, o pátio é muito convidativo. Mais uma vez a paisagem rústica da construção combina perfeitamente com a delicadeza dos jardins e da fonte. Não é lindo demais ?

Chateau_Chillon_suica_castelo

Para visitar o castelo você pode ir de carro (estacionamento grátis na frente),  de trem, descendo na estação local Veytaux-Chillon, de barco (aquele que mencionei aqui no post de Lausanne e que para a 100 metros do castelo), de ônibus com parada na frente do castelo ou até a pé, saindo de Montreux (4km) ou Villeneuve (2km) caminhado na beira do lago. Mas no site você pode pegar as informações atualizadas.

O valor da entrada normal é de 12,50 Francos Suiços e no site você encontra os demais valores e horários de visitação.

Gostou ? Então já coloque Castelo de Chillon no roteiro e parada obrigatória se estiver por aqueles lados.

Château de Chillon – Avenue de Chillon 21 – CH 1820 –  Veytaux


Você também pode gostar...

2 Comments

  • Verena Ferreira
    20/07/2014 at 10:09

    Deixo uma dica q eu fiz para visitar o Castelo. Alugar uma bike em Vevey e seguir pedalando, cerca de 17km. É possível conhecer em detalhes a Riviera Suíça, sempre com a companhia do Lago Leman ao lado. Passeio deliciososo, cercado pelos jardins super bem arquitetados dos hotéis de Montreaux (como em toda Suíça). A cada curva nesse caminho, pode-se ver o Castelo se revelando em diferentes ângulos. Super indico para quem gosta de adicionar um esporte nas viagens de férias! Ah! Na entrada do castelo há um bicicletário para estacionar! 😉

  • Cinthia Ferreira
    20/07/2014 at 18:44

    Ótima dica Verena 😉 Deve ser lindo mesmo fazer o caminho do lago de bike 😉

Comente aqui

Translate »