Canadá MInhas Viagens Turismo Vancouver

Vancouver | Grouse Mountain, uma vista incrível, ursos e aventura

grouse_mountain

Depois de clara de algumas comidinhas em Banff no Canadá, volto a falar de Vancouver e o passeio que faltava postar, a Grouse Mountain.  O post não será dos melhores já que mal conseguimos fazer fotos por conta da neblina, mas como é um passeio incrível, lá vamos nós.

Como vocês já leram por aqui, estivemos em Vancouver no último verão e pegamos dias incríveis e ensolarados até as 10 da noite, mas neste dia , já quase no fim da viagem, o tempo não ajudou e nossa visita a Grouse Moutain parecia mais uma visita a montanha assombrada rs.

A Grouse Moutain fica pertinho do centro de Vancouver e um pouco para frente da Capilano Bridge (passeio que contamos aqui). Então primeiro fomos na Capilano e seguimos para a montanha.

grouse_precos

Na base da montanha perto do local para pegar o bondinho que nos leva até o alto há estacionamento e um Starbucks. Ali os visitante compram os tickets e sobem para fazer as atividades locais.

Há várias opções de tickets. Um dos mais comprados pelos turistas é o primeiro, que dá direito a subir para conhecer a montanha, ver os ursos e ainda subir na The Eye of the Wind. Os demais incluem outras atividades como a tirolesa (zipline), paragliding e até tour de helicóptero.

Como o tempo estava terrível e neste momento em questão, a neblina estava aumentando, optamos apenas por conhecer lá em cima e rezar para conseguir enxergar alguma coisa.

Então na hora de decidir o que visitar ou não, pergunte a atendente como está a visibilidade lá do alto, caso contrario deixe para fazer o passeio em outro dia se possível.

grouse_mountain_vista

Pegamos o bondinho e a neblina só aumentava. Fomos subindo, subindo, até não conseguir enxergar 10 metros além do nariz. Sério, foi até engraçado.

Mas imaginem esta vista com o céu aberto ? A paisagem é incrível e só a subida já é um passeio. A dica aqui é na hora da descida você escolher um lugar coladinho no vidro e observar tudo.

grouse_mountain_atividades

Lá um cima, placas indicam o caminho de cada atividade. Como o tempo estava fechado, a única coisa que queríamos ver além da “subida” eram os ursinhos.

grouse_mountain_esculturas

O lugar é lindinho e muito bem conservado. No caminho que nos levava às atrações, várias esculturas lindas de animais e homens.

Mas para quem ainda não está imaginando como conhecemos o local, fiz um videozinho no instagram para “ilustrar” a brincadeira. Lembrando que era verão rs.

.

Brincadeiras a parte, lá vamos nós andar na névoa até tentar achar o local dos ursos.  É uma área bem grande onde o pessoal do parque separou para os “humanos” uma área cercada para podermos observar os ursos que vivem por lá há muitos anos e circulam a vontade pelo espaço. grouse_mountain_bear

Os guias do local estavam a disposição para responder dúvidas enquanto falavam um pouco da vida dos “bichinhos”. Em uma das áreas há um lago e era lá que os ursos estavam quando chegamos. A foto acima foi cedida pelo Tourism Vancouver já que as nossas abaixo, estão bem ruins né ? Quero muito voltar lá em um dia claro. grouse_mountain_ursos Foi muito legal ver estes fofos nadando e comendo quase invisíveis na água. Bem mais divertido do que em uma jaula né ? Depois fomos tomar um café na cafeteria que fica bem ao lado e seguimos o caminho de volta para ver as outras atrações (ps: lá em cima na montanha tem uma barraquinha de Beaver Tails, a gostosura que mencionei aqui).

Saímos de lá e fomos assistir o World-Famous Lumberjack Show, um show super divertido com “lenhadores” que mais parecem comediantes acrobatas. Bem engraçado. Aqui tem um mapa da montanha com as atrações do verão e do inverno. Tem muita coisa para fazer se o dia estiver bonito. grouse_mountain_tirolesa

Para os aventureiros, um passeio show é o Zipline (tirolesa) onde o visitante voa por cima das montanhas. Pelas fotos parece ser incrível e ficamos doidinhos para fazer o passeio.

Mas este não escapará em nossa próxima visita ao local. Lá em cima ainda há cafés e locais para comidinhas rápidas e uma opção com uma vista incrível no Observatory Restaurant.

Então já podem imaginar que se não fosse a neblina, teríamos passado várias horas lá em cima da Grouse Mountain.

Informações: Grouse Mountain – Ltd. 6400 Nancy Greene Way North Vancouver, BC V7R 4K9  (consulte horários e valores atualizados no site oficial)

O Spicy Vanilla fez todos os passeios a convite de Tourism Vancouver.

Siga meu perfil no instagram (@makeupatelier) e siga a hashtag #spicyvanillanocanada ou #spicyvanillaemvancouver para ver mais dicas.

Para ver todos os posts sobre Vancouver, clique aqui.

Para ver todos os posts sobre o Canadá, clique aqui.

Para ver como foi o roteiro desta viagem, clique aqui.

 

     

Você também pode gostar...

10 Comments

  • Vanessa
    19/02/2015 at 23:34

    Oi Cinthia!
    Tudo joia?
    Mais uma vez,adorei o seu post!!
    Me desculpe a inconveniência e o comentário fora de hora,mas eu preciso muito saber de uma pessoa que já foi relativamente bastante pra Buenos Aires como vc, se é um lugar seguro para viajar sozinha?
    Já fui pra Europa sozinha,foi uma experiência única,mas não sei pq tenho medo de ir pra Argentina sozinha. Muita gente me diz pra não arriscar!
    Alguma dica?

  • Cinthia Ferreira
    20/02/2015 at 11:41

    Oi Vanessa, obrigada.
    Olha, não sei em que cidade vc mora mas eu que moro em SP, acho buenos muito mais segura. O que rola por lá e tipo o que rola em alguns países da Europa mesmo, tem trombadinha em pontos turísticos, baladas e tal. tem que ficar esperta como em qualquer lugar.
    Mas eu andava sozinha por lá de boa, claro que a noite só em lugares movimentados.
    Vá sim mas opte por SEMPRE pegar taxi que tenha escrito radio taxi na porta, tente se hospedar em palermo ou recoletta (centro é tenso) e sempre que possível ande com dinheiro trocado p evitar notas falsas, mas de resto é super ok 😉 Se quiser dê uma olhada no blog da Amanda (buenos aires para chicas) que ela morou lá sozinha vários anos e conta tudo sobre a cidade. Mas vá sim, que apesar da crise, é uma cidade que tem muito a oferecer. Bjs

  • Carolyne
    20/02/2015 at 14:35

    Primeiro de tudo: Adoro esse seu blog! hehehehee Desde receitas a dicas de viagem!

    Bom, Grouse Mountain é um passeio excelente em Vancouver. Aliás, Vancouver é uma cidade fantástica e deliciosa. Estive lá em Outubro de 2014 e curti mt. Vc conseguiu ver o lobo que mora solto por lá? Dizem que é possível vê-lo vagando durante a subida/ descida do teleférico. Tô perguntando isso pq procurei por ele e não achei! Quanto aos ursos, qd eu fui os caras estavam numa de dormir…hehehehe…Adorei as fotos que vc tirou do banho deles.

    Pra quem vai e estiver sem carro, tem transporte tranquilo de Vancouver pra Capillano. Bem fácil msm! Parabéns pelo post, Cinthia!

  • Vanessa
    20/02/2015 at 15:35

    Poxa…que legal!
    Eu moro no interior de SP numa cidade que chama Catanduva,mas tbm morei em SP uns anos e nunca me aconteceu nada. Mas medo a gente sempre tem né ? Em qualquer lugar!
    To quase fechando um hotel em Palermo hehehe
    Obrigada pelas dicas.
    Um beijao

  • Cinthia Ferreira
    20/02/2015 at 17:10

    Eu fiquei em palermo 30 dias desta vez mas ainda prefiro a Recoletta por ser no meio do caminho entre o puerto madero e o Palermo rs.
    Se quiser ver o que eu fiquei ter resenha aqui: http://www.spicyvanilla.com.br/2014/04/dica-de-hotel-aspen-square-buenos-aires/

    E as dicas de lá estão aqui: http://www.spicyvanilla.com.br/categoria/turismo/america-do-sul/argentina/buenos-aires/
    Qual quer coisa vai falando 😉
    Bjs

  • Cinthia Ferreira
    20/02/2015 at 17:12

    Nossa, quase nos esbarramos por lá então rs. E lobo não vi não…eu só ficava procurando urso ahahahah
    E eu cheguei a ver vários ônibus passando por lá mesmo. Mas como estávamos de carro nem deu para “testar” mesmo rs.
    E obrigada pelo carinho 😉
    Bjs

  • Marcela Nering
    23/02/2015 at 11:30

    Mais um passeio pra minha listinha de setembro que tá ficando demais!!! Espero só pegar um dia de sol para poder aproveitar beeem a vista!!
    Obrigada pelos posts, Cinthia!! Tá me ajudando MUITO!

    🙂

    Beijos!

  • Cinthia Ferreira
    23/02/2015 at 13:18

    Obrigada 😉 Espero que pegue tempo aberto sim e depois me conte o que eu não vi rsrs.
    BJs

  • Tatiana
    03/04/2015 at 11:37

    Oi, Cinthia!
    Tudo bem contigo?
    Estou indo pra Vancouver e pras Montanhas Rochosas daqui a 28 dias e estou devoraaaando seu blog (super completo, didático… sensacional!). Parabéns MESMO pelo excelente trabalho!
    Estou com uma dúvida crudelíssima: quero fazer no mesmo dia os passeios do Capilano Suspension Bridge e Grouse Mountain, uma vez que são pertinho um do outro.
    Pensei em reservar umas 4h pro Capilano e umas 5 pro Grouse Mountain (contando que lá, além de tudo que você fez, quero ir pra tirolesa). Você acha que dá tempo ou fica muito apertado para um dia só?Não estarei de carro, mas pelo que tenho visto é bem rapidinho de sair de um e chegar no outro…
    Muito obrigada pela ajuda e super beijo!
    Tatiana

  • Cinthia Ferreira
    14/04/2015 at 16:48

    OI Tatiana, desculpe a demoara mas estou novamente aqui no Canadá viajando 😉
    Primeiro que bom que está devorando o blog rs. Fico feliz em ajudar.
    E sobre o tempo, é tempo demais na minha opinião rs. Um fica bem perto do outro e a não ser que vc queria mesmo curtir o lugar e ficar um bom tempo passeando e vendo tudo, acho que vai sobrar horas.
    Na capilano mesmo eu passei no máximo 2 horas e lá na Groose como vc vai fazer mais atividades, deixaria umas 3 no máximo. Tudo é super organizado então não se perde muito tempo 😉 Mas se vc quer ficar curtindo a natureza mesmo, vale mais a pena sobrar horas do que faltar.
    Bjs

Comente aqui

Translate »