América Central Cidade do Panamá Cultura Panamá Turismo

Visitando o Canal do Panamá | Eclusas de Miraflores

canal_do_panama

Depois de mostrar os maiores pontos turísticos da Cidade do Panamá, chegou a hora de falar do principal e mais procurado. As eclusas de Miraflores no Canal do Panamá.

canal_do_panama_eclusas

O Canal do Panamá  tem 3 eclusas no total. A mais visitada é a da Miraflores, mais próxima do centro da cidade, mas a Pedro Miguel também é bem procurada. Nós fomos de carro com um colega do marido que mora lá, então não tivemos que nos preocupar com transportes.

Quem quiser economizar no transporte pode pegar um taxi qualquer, mas eu indico combinar com algum taxi do seu hotel ou com algum agente de turismo. É bem mais caro, mas os carros são mais novos e dizem que é mais seguro. Independente do taxi que pegar, lembre-se de combinar o preço antes de começar a corrida pois lá não há taxímetro e eles tem mais um menos um preço estipulado para cada distância. Pergunte antes para não ter surpresas desagradáveis.

Chegamos lá bem no fim da tarde, compramos os tickets e fomos de cara ver as eclusas para só depois entrar nos museus.

canal_do_panama_mercado

Antes de mais nada, você já deve ter aprendido na escola como o Canal do Panamá foi importante para o mundo todo, né ?

A travessia criou novas rotas no mundo todo e facilitou muito a expansão do comércio mundial. Por mais que navio pague uma bela quantia pela travessia, economiza-se muito mais em tempo e combustível.

canal_do_panama_miraflores

Confesso que só vendo pessoalmente que eu fui endentar o real funcionamento do canal. Na minha cabeça a travessia era bem mais rápida e feita de uma única vez.

No mapa abaixo dá para entender bem o caminho e ver o longo processo de travessia que dura um dia inteiro.

Panama_Canal_Mapa

Para entender melhor como funcionam as eclusas, deem uma olhada neste vídeo:

Agora as fotos que eu fiz em Miraflores. Vimos 3 navios passar por lá. A passagem do navio pelas eclusas  é bem rápida, mas a travessia total do canal demora mais de 20 horas.

No lado do pacífico, onde fica a Cidade do Panamá, conseguíamos ver, do quarto do nosso hotel, a “fila de navios” esperando seu horário de travessia. Falaram que o agendamento da travessia é feito muitos meses antes e tudo e muito bem programado.

canal_do_panama_travessia

Há duas plataformas que os visitantes podem ficar. Uma mais baixa com uma arquibancada e uma mais no alto para ver tudo de cima. É legal ver dos dois ângulos.

Vimos dois navios grandes, já sem carregamento, e um cheinho de containers. Dizem que às vezes dá para ver até submarinos (A Mirella viu e fotografou, tem post aqui), mas é algo raro.

canal_do_panama_visita

Curiosidade: Somente um Panamenho pode comandar o navio durante a travessia. Então, eles trocam de lugar antes da travessia e devolvem no final. Isso é apenas uma pró-forma, já que são máquinas que  puxam o navio.

Foi só no ano de 2000 que o Canal deixou de ser também dos Estados Unidos e se tornou integralmente posse do Panamá e o povo local comemora isso até hoje. Dizem que, somente há 15 anos, o país passou a ter dinheiro, cresceu absurdamente e a população melhor muito de vida. Dizem que a cidade é a nova Dubai e a tendência é crescer ainda mais nos próximos anos. Dizem que quem esteve na cidade há 5 anos, não a reconhecem mais, tamanho crescimento.

canal_do_panama_museo

Depois de ver as eclusas ao vivo, é hora de visitar os museus e entender um poquinho do Canal desde a sua construção.

Imagens, vídeos e memorabilia. É ao mesmo tempo incrível ver como aquilo foi idealizado e realizado como assustador saber da quantidade imensa de pessoas que morreram na construção e devido a doenças tropicais. A febre amarela foi uma das grandes responsáveis da tragédia.

Curiosidade: O amigo do marido disse que os antigos contam que o povo achava que quem transmitia a febre amarela era a formiga e por isso faziam barreiras com água para a formiga não passar. Mal sabiam que o vilão era o mosquito e que a água parada foi responsável pelo aumento dos caso da doença.

canal_do_panama_simulador

Em um dos andares há um simulador da área de controle e outro onde os visitantes entram em uma cabine de um navio e um filminho é apresentado simulando a travessia.

Este lugar estava extremamente cheio de gente, então nem conseguimos fazer direito.

canal_do_panama_museu_marinho

Além da parte histórica, um dos andares é dedicado as espécies locais. Peixes e outros pequenos animais aquáticos vivos e várias espécimes de insetos.

Nem preciso dizer que é um passeio imperdível e cheio de história. Não ir ao Canal é como ir a Paris e não ver a torre. 

Minha sugestão é fazer a visita ao canal, passar uma hora e meia em média por lá, sair e ir até o Biomuseo depois atravessar o causeway e ir até as ilhas.

Vale lembrar que este ano será inaugurado um “novo canal”, desta vez muito mais moderno, sustentável, e maior, comportando navios que hoje em dia não conseguem passar pelo canal.

Dicas:

Como eu disse acima, combine o preço com o taxista entes de começar a corrida.

Entre no site do Canal do Panamá ou ligue no setor de atendimento e verifique o horário da passagens do navio. Ir lá e não ver nenhuma travessia pode ser frustrante.

Informações:

Centro de visitantes de Miraflores – Consulte horários atualizados e valores no site oficial ou pelo telefone  +507 276-8325.

 

Para ler todos os posts da Cidade de Panamá, clique aqui. Tem post sobre restaurantes, hotel, compras e passeios.

Premium Assistance foi seguro de viagem oficial deste tour. Garanta seu seguro com desconto através deste link utilizando o código SPICYVANILLA15 no final.

seguro_viagem

Você também pode gostar...

2 Comments

  • Mirella Matthiesen
    04/01/2016 at 14:11

    Oi Cinthia,
    Meio atrasada, mas vim aqui agradecer o link para o Viajoteca!
    Esse passeio é muito bacana … ainda não acredito que vimos um submarino.
    Aliás, a Cidade do Panamá tem muita coisa bonita para ver, quero voltar com mais calma para revisitar a cidade e explorar um pouquinho outras regiões do país.
    bjos,

  • Cinthia Ferreira
    05/01/2016 at 19:51

    OI Mirella, que isso 😉 E puxa, imagino que incrível foi. Dizem que as praias de lá são lindas. Eu só fiquei 35 dias na cidade mesmo rs.
    Bjs

Comente aqui

Translate »