Argentina Buenos Aires doces Gastronomia Teste de Sabor Turismo

Teste de Sabor| Qual o melhor alfajor de Buenos Aires ?

alfajor_buenos_aires_capa

Como vocês sabem, “morei” um mês em Buenos Aires no final do ano passado. Então aproveitei a minha estadia para cumprir uma meta que eu mesma inventei, provar os melhores alfajores industrializados vendidos na cidade.

Depois desta árdua tarefa e mais de 60 alfajores (sim, eu comia 2 por dia e alguns eram repetidos rs), aí estão apenas alguns deles com a minha opinião.

alfajor_jorgito

Vou começar pelo bom e barato. Jorgito é a marca de alfajores gostosos mais em conta que achamos. Muita gente adora o Jorgito e a versão “frutas” é o preferido do marido.

A massa é macia o receio é uma geleia de frutas cremosa e bem gostosa. Além deste de frutas existem várias opções de recheios.. Esta embalagem vem com alfajores minis, mas existe embalagens individuais. São facilmente encontrados em mercadinhos e banquinhas e é um dos mais baratos e mais vendidos.

alfajor_cachafazO segundo que irei mostrar é meu favorito, amado e idolatrado Cachafaz. Nunca tinha experimentado a marca e várias leitoras me indicaram. Comprei uma caixa na primeira etapa da viagem e depois quando voltamos para passar o mês, já estava viciada no Cachafaz e comecei experimentar as variedades disponíveis.

A caixa acima é encontrada em supermercados e por ser considerado um alfajor premium, é o mais caro que encontramos e só fica abaixo do Havanna no quesito preço. Custou em média 45 reais uma caixa com 12. Eles também são vendidos separadamente em algumas banquinhas e no shopping da Recoleta tem um quiosque deles com muitas variedades e outros produtos com doce de leite.

Eu acho ele bem mais delicioso que o Havanna. Ele tem um gostinho diferente que me lembra trufa. A massa é bem macia sem esfarelar, a cobertura é gostosa e tem bastante recheio. O branco é mais docinho e o preto é mais suave. Ambos são incrivelmente deliciosos.

alfajor_cachafaz_mousse

A versão Cachafaz Mousse também é muito gostosa. Uma espécie de creme de chocolate no lugar do doce de leite é interessante para variar o sabor.

A massa é mais crocante mas eu acho o recheio um tanto gorduroso, então prefiro bem mais as versões acima.

alfajor_doce_leiteEste Cachafaz Dulce de Leche é um bem tradicional e lembra os alfajores caseiros. Ele não tem a cobertura de chocolate então você sente mais o sabor da bolacha em si.

Tem bastante recheio e coco em volta do doce de leite. É o preferido dos mais conservadores. Eu gostei bastante mas ainda prefiro o de chocolate.

alfajor_amendoas

Agora vamos para outra marca que está entre o preferido dos turistas brasileiros. Eu já tinha experimentado antes, mas só fui me ligar no nome depois de várias leitores perguntarem se eu tinha provado o tal Abuela Goye.

Abuela Goye é uma chocolateria/sorveteria que tem uma ampla linha de alfajores com produção artesanal e inúmeros sabores. Acho que é a marca com mais variedades e elas vão do tradicional glazeado, passando com nozes e rosas.

Eu acho que bem é turístico pois possui lojas muito bem posicionadas. Uma no conhecido shopping Galeria Pacifico, outra na Rua Florida, na Plaza de Mayo e uma em Puerto Madero.

Eu gostei bastante de alguns sabores mas para meu paladar ele ainda perderia para o Cachafaz, My Urban e para o Havanna facilmente.

Este de cima é uma versão com amêndoas por cima. A massa é macia, o recheio é firme e não muito doce.

alfajor_abuela_goyeUm dos que eu mais gostei da marca foi o de morango, já o marido curtiu bastante este Abuela Goye Framboesa.

Por ser branco ele é mais doce, mas a geleia é bem gostosa e a massinha é bem macia com casquinha crocante.

alfajor_abuela_amargoEste Abuela Goye Semiamargo  é perfeito para quem gosta de chocolate mas não quer vê-lo brigando com o doce de leite. Bem crocante com recheio mais firme.

Ele tem uma cobertura de chocolate bem generosa como a maioria dos alfajores da Abuela Goye.

alfajor_vauquitaO Vauquita foi feito para quem quer doce de leite com cobertura de alfajor…rs. Ele é a versão alfajor do doce de leite mais famoso e amado pela maioria.

Achei o supermercado e em algumas banquinhas e o preço é bem bacana. Ele é macio e tem um mega recheio. Para quem gosta de doce mesmo.

alfajor_my_urbanMeu segundo preferido é o My Urban. Também considerado um alfajor premium, achei ele muito parecido com o Cachafaz e por isso ganhou o segundo lugar. Não achei em mercado mas vi em várias banquinhas. É delicioso e gostaria de ter trazido um estoque para casa.

alfajor_terrabusi

O Terrabusi era um dos alfajores que eu mais comprava nas outras vezes que fui a Buenos Aires. Facilmente encontrado nas banquinhas (Quioskos) ou mercados, ele é barato e as versão são bem gostosinhas. São vendidos separados ou em bandejas com 3 ou 6.

Este Terrabusi 3X Torta tem a massa macia que lembra um brownie e duas camadas de doce de leite. É um big alfajor e bom para matar qualquer desejo.

alfajor_milka_oreoOutro que as leitoras recomendaram muito foi o Milka + Oreo. Testei vários alfajores Milka e este foi o meu preferido.

Ele tem 3 bolachas Oreo, dois recheios de mousse bem macio e uma cobertura generosa de chocolates. Crocante, gostoso e bem docinho. Tinha em mercados e banquinhas.

alfajor_chocoarroz

Um que faz bastante sucesso e tinha em tudo quanto é canto era este Chocoarroz. No lugar das “bolachinhas” duas camadas daquele doce de arroz. Tem cara de ser mais light rsrs.

Este tinha recheio de limão e cobertura de chocolate. Gelado eu acho que fica bem gostosinho pois eu amo estas bolachinhas de arroz, mas o marido diz que é horrível rs. Mais uma vez questão de gosto né ?

alfajor_havanna

E para não dizer que esqueci o famoso Havanna, ai vai uma imagem da versão com cobertura de merengue. Este não preciso falar muito pois podemos comprar aqui no Brasil e a maioria que ama alfajor já conhece.

Eu prefiro o de chocolate, mas quem curte merengue vai gostar deste aqui.

Tem lojinhas da Havanna por todo canto lá em Buenos Aires. Além dos alfajores da marca, o que faz um mega sucesso são os Havannetes, cones de chocolate com recheio de doce de leite. São os mais caros e mais conhecidos.

alfajor_pepitosAlém destes, tirei fotos de alguns outros aprovados mas não encontrei de jeito nenhum :(.  Alguns que comi e gostei foram o Blanco & Negro, o Jorgelim e outras variações de Milka e Terrabusi. Só sei que no final eu acabei comendo 6o alfajores lá e ainda comprei uma caixa de Havana no aeroporto pois nossas malas não nos permitiram trazer caixas de Cachafaz por conta dos terríveis 23 kg de limite.

Os que eu não gostei  ou não vi nada de mais…

Dei 3 exemplos acima pois são alfajores bem conhecidos, mas que não rolou para mim. O primeiro é o Pepito, versão alfajor do cookies de chocolate vendido por lá. Achei duro demais e com recheio meio gordurento.

O Alfajor Oreo não é ruim. Para mim ele é apenas uma versão da bolacha em tamanho maior com cobertura de chocolate. O Milka Oreo  é beeem melhor.

O Abuela Goye Glaseado é outro que muita gente ama mas para mim só tem gosto de sabão rs. Gosto não se discute heim…rs.

Outro que falaram maravilhas e uma vovózinha me indicou no mercado é o Suchard. Para ser sincera eu achei ele meio duro e nada demais. Mas gosto é gosto e dizem que faz um super sucesso com os locais.

Outro lugar ótimo para comprar alfajor em mercado é o Uruguay. Quando estivemos em Montevideu e Punta Del Este há alguns anos, ficamos chocados com a variedade de opções e lembro de ter voltado para o Brasil com uns 30 tipos diferentes. Não sei se ainda é assim, mas nós nos esbaldamos na época.

alfajor_caseiroAlém dos industrializados, Buenos Aires é repleta de cafés que vendem alfajores caseiros. Eu provei alguns (o da foto de cima é do Pani, um lugar liiindo que falarei em breve) mas pedi para uma verdadeira “local” dar sua opinião.

Amanda é brasileira, dona do Buenos Aires para Chicas e vive há 10 anos em Buenos Aires. Foi no blog dela que peguei milhares de dicas sobre a cidade (as outras dicas ela me deu pessoalmente rs).

Ela diz que o alfajor que ela mais gosta se chama La Olla de Cobre e  fica na cidade interiorana San Antonio de Areco, 113 km de distância de Buenos Aires. São artesanais e pela imagens parecem deliciosos.

A Amanda também postou uma receita de alfajor de colher no Buenos Aires para Chicas e eu encontrei este vídeo abaixo com uma receita que parece bem tradicional. Certeza que em breve eu farei algum.

Quem não conseguir visualizar o vídeo acima é só clicar aqui.

E você, já tem seu alfajor favorito ?

Vai para Buenos Aires e quer mais dicas ? Clique aqui para ler outros posts sobre a cidade.
.

Você também pode gostar...

24 Comments

  • Det
    17/01/2014 at 13:26

    Post muito bom, parabéns. Moro a 35 km da Argentina, muito pertinho, então pense só na falência da pessoa kkkkk, de tanto comer alfajor acabei enjoando e já nem ligo muito, mas esse de arroz eu não conhecia preciso achar ele para experimentar. Uma coisa que compro de caixa fechada no país dos hermanos é torrone, nossa é uma delíciaaa. Bjosss

  • Daniele Polis
    17/01/2014 at 14:06

    Olha, o Jorgito é o favorito do meu marido também, e o meu também é o Cachafaz!
    O Cachafaz conheci através de um amigo argentino, que me falou que a marca pertence aos antigos donos do Havana. Eles tem uma produção menor, mais “seleicionada” e por isso é mais caro que os demais 🙂 Mas vale cada centavo!

    melhor que o alfajor do Cachafaz somente os conitos de Cachafaz <3 Delícia!

    Beijo!

  • Cinthia Ferreira
    17/01/2014 at 14:08

    POis é…os amigos do marido lá tb falaram isso da produção 😉 Mas aiiii que vício. Já os conitos eu não sou chegada não pq sinto falta de algo com “massa” rsrs Não sou fã de doce de leite sem nada 🙁
    Mas aiiii já preciso muito de um Cachafaz rsrs.
    BJs

  • Luma
    17/01/2014 at 16:29

    Adoro alfajor! Morro de vontade de experimentar o Capitán del Espacio. Dizem que é fantástico, mas também super difícil de achar em Buenos Aires.

  • Cinthia Ferreira
    18/01/2014 at 00:10

    hummmm nem vi este não 😉

  • Myla
    18/01/2014 at 21:24

    Eu adoro o Del Turista sabor mousse de chocolate, pena que não experimentou! É difícil de achar, é de Bariloche, mas encontrei na Falabella uma vez e da primeira comprei no quiosque deles no Abasto Shopping (só que não tem mais quiosque acho!)
    Esse Cachafaz também achei divino!!
    Adorei seu post!! Fotos lindas e deliciosas ahhaha

  • Cinthia Ferreira
    20/01/2014 at 12:17

    Eu não vi 🙁 da Del turista eu só enchi a cara de chocolate em rama mesmo rsrs
    Bjs e obrigada

  • Myla
    22/01/2014 at 11:54

    Hmm chocolate em rama é tão bom! hahaha

  • Marcos Paulo
    30/01/2014 at 12:02

    Gente! Que maravilha esse teste. Quero experimentar todos, um de cada, JÁ! Como faz? Hahaha

  • Cinthia Ferreira
    30/01/2014 at 15:49

    Se viu ahahhahah. Mas vc já experimentou vários tb não ??? ahaha

  • Luiza Batista
    07/03/2014 at 13:20

    Aaai que delícia! O meu preferido de buenos aires é o Cachafaz Dulce de Leche, acho ele mais levinho e menos enjoento, hehe. Mas o melhor alfajor que já comi foi um que minha mãe trouxe do Uruguai, acho que só tem lá, chama Punta Ballena. MUITO bom, nada enjoento nem com aquele gosto bem forte, é bem leve e uma delícia!

  • Patricia
    16/08/2014 at 12:35

    Que engraçado saber que não sou a única a querer experimentar vários tipos de alfajores quando vou para Argentina. Minhas amigas acham um exagero, mas depois compartilham essas delicias comigo. Comprei vários em Buenos Aires, El Calafat, Ushuaia e Mendoza. Gostei de vários, mas o campeão pra mim é o de doce de leite da marca ENTRE DOS: massa macia, não esfarela e é umida!!! Quantidade maravilhosa de recheio e cobertura de chocolate!!! Uhhhhhhh…Só de lembrar deu água na boca. Se alguem souber onde comprar aqui no Brasil, por favor me avisem.

  • Cassia
    02/10/2014 at 11:33

    Simplesmente, adorei o alfajour da cachafaz, eh mto bom…., fora que a recoleta tem charme indescritível….vale a pena ir…

  • Elen
    13/10/2014 at 14:41

    Dá água na boca só de ver as fotos… só faltou falar dos preços de cada um… vou em dezembro e tenho que preparar o bolso pois quero trazer muitos e variados….

  • Cinthia Ferreira
    13/10/2014 at 14:42

    Elen, os preços em Buenos Aires mudam muito por conta da economia. De uma semana para outra o preço já pode ser super diferente.

  • Daniela
    24/06/2016 at 15:20

    tentei seguir seus passos, provei uns 15 em 6 dias, o meu preferido foi o cachafaz.

  • Jorge Campos
    04/07/2016 at 19:11

    vou para la ano que vem, ja estou fazendo a lista, me disseram que tem uma banca com mais de 40 marcas perto do obelisco, alguem já viu ela?

  • Osvaldo
    17/07/2016 at 19:06

    Tanto falam do Cachafaz que me deu agua na boca. Quero provar , onde encontro esses alfajores em São Paulo ?

  • Cinthia Ferreira
    19/07/2016 at 11:19

    Nunca vi para vender Cachafaz em SP 🙁

  • Luciano
    23/08/2016 at 21:29

    Boa noite, felizmente também adquiri o vício do alfajor é através de uma parceria provavelmente estarei importante e saturando o Brasil de alfajores Cachafaz, ate porque, obque eu tinha como referência antes de ir à Argentina eram os da Turma da Mônica rsrsd.
    Vc acha que vai vingar aqui, sou de sp

  • Jobson
    28/09/2016 at 13:42

    Para a nossa alegria já há vários à venda no mercado livre!

  • Carol Fernandes
    03/06/2017 at 15:42

    O de membrillo do Jorgito é o melhorrrrr! Pena que tá impossível de encontrar por lá.. 🙁

  • LILIAN
    10/10/2017 at 16:37

    Adorei seus comentários, Cíntia! Estive há poucos dias na Argentina e, nao sei se teve oportunidade de experimentar, um alfajor da marca Bagley! Tem ele na versão “Blanco 3.0” e Preto. Junto com o Cachafaz, foram os meus favoritos. Confesso que depois destes, o tradicional “Havanna” ficou quase em última opção!!!

  • Cinthia Ferreira
    11/10/2017 at 17:22

    Hum, esta não comi não. Já tenho que voltar para fazer um teste numero 2 rs.

Comente aqui

Translate »