• #CinthiaNaCozinha | Receitas Doces e salgadas com passo a passo

    Para facilitar a busca de todos, resolvi fazer este post com todas as receitas que foram postadas aqui no Spicy Vanilla. São receitas doces, salgadas e deliciosas. Fotos do passo a passo para ajudar até quem não ainda não tem muita experiência na cozinha. Gire a barra de rolagem e...

    Leia mais...
  • 10 itens para não esquecer na hora de planejar o orçamento da sua viagem

    Pois é pessoal, aproveitei um dos meus 30 dias em Buenos Aires e gravei um vídeo reunindo dicas que muita gente me pede. Falei sobre os 10 itens que você não deve esquecer na hora de planejar o orçamento da sua viagem. No vídeo eu comentei um pouco sobre cada...

    Leia mais...
  • Vídeo | Dicas para fazer compras nos outlets dos Estados Unidos

    Por mais que eu fale de roteiros, passeios e comidinhas, o que mais me pedem são dicas de compras. Então separei umas horinhas desta última viagem para falar sobre os famosos outlets dos Estados Unidos e dar algumas dicas úteis. Há uns 15 anos visitei meu primeiro outlet nos Estados...

    Leia mais...
Postado por Cinthia Ferreira em 02-jun-2015

Como escolher o melhor seguro de viagem ?

Planejando sua Viagem, Turismo

seguro-viagem O post de hoje é sobre um dos assuntos que mais me questionam quando me pedem dicas sobre organização de viagens, principalmente para destinos internacionais, o Seguro de Viagem. Eu viajo para fora do país desde a minha adolescência e nunca viajei sem seguro, e nestes anos todos de viagens, infelizmente já tive que usar o seguro algumas vezes, então acabei aprendendo um pouco sobre o assunto.

Muita gente ainda faz viagens internacionais sem contratar nenhum seguro ou só contrata seguro por questões das exigências de alguns países. Mas este é um assunto muito sério que jamais pode ser deixado de lado, sendo exigido pelo país ou não.

Alguns convênios nacionais dão assistência internacional, mas a maioria funciona por reembolso. Mas raramente cobrem medicação e você ainda tem que arcar com as contas médicas na viagem para tentar (sim, tentar) recuperar parte do dinheiro gasto.

Alguns países, como os Estados Unidos por exemplo, cobram um valor altíssimo por atendimentos, mesmo que emergência. Ninguém sai do país querendo ficar doente, mas tem coisas que não temos como evitar né?

Os atendimentos comuns são por conta de gripes, fraturas ou coisas do tipo, mas eu já tive um amigo que teve que operar de apendicite em Orlando, não tinha seguro de viagem e gastou o dobro da viagem na cirurgia. Há coisas que infelizmente podem acontecer.

Então, que o seguro de viagem é um item indispensável nós já falamos, agora vou tentar te ajudar a escolher o melhor para você.

Nos últimos 10 anos de viagem eu utilizei duas empresas de seguro que, por gostar do serviço, acabei até aceitando-as como parceiras (já utilizei outras várias no passado). Uma delas é o Mondial Assitance, que é mais em conta. Eu já tive que usá-la e sempre deu tudo certinho. A outra é a Premium Assintance, empresa do grupo Omint que tem seguros mais caros, mais completos e que é a nossa escolhida nos últimos 3 anos.

seguro-viagem_obrigatorio

O valor do seguro…

A escolha de um seguro não deve ser feita apenas pelo valor, mas sim pela necessidade de cada viajante. Leia atentamente o que está incluso na sua apólice e tente encaixá-lo em sua necessidade. Se a grana está curta, você é jovem, saudável, não fará nenhum esporte radical na viagem, é uma opções escolher um seguro mais barato com cobertura mais simples. Agora, se você vai em busca de aventura, ou tem uma certa idade, ou tem filhos que costumam ficar doentes mais facilmente, pode ser mais interessante escolher um seguro com uma cobertura maior .

Verifique o valor correspondente na moeda local. Se vai para os Estados Unidos, confira o valor da cobertura em dólar para ter noção do que está escolhendo.

Eu, como sou super medrosa e encanada com questões de saúde, sempre escolho um seguro super completo (First Class da Premium), principalmente quando levo meus pais junto. Então, se o seguro que você estiver cotando for barato demais comparado a algum outro, leia atentamente ambos antes de decidir qual escolher.  Observando sempre a diferença entre a cobertura de cada item do contrato. As diferenças de coberturas são bem grandes.

Doenças pré-existentes e gravidez…

Muitos seguros não cobriam nenhum atendimento relativo a doenças que o viajante já tivesse antes da viagem ou atendimentos a gestantes. Agora tanto a Mondial Assitance quanto a Premium Assintance possuem este tipo de cobertura específica, mas os valores de cobertura mudam de acordo com a escolha do tipo do seguro.

No caso e gravidez, verifique também até quantos meses de gestação o seguro cobre.

Como escolher o destino se a minha viagem terá vários países ou continentes no roteiro ?

Neste caso é melhor escolher um seguro mais completo. A Europa por exemplo exige um valor de cobertura mais alto que outros países, então se algum país da Europa estiver no seu roteiro, escolha no mínimo o seguro que esteja dentro das solicitações deles e coloque o país como o seu destino.

Se a sua viagem for somente pela América Latina mas você quer optar pelo seguro mais caro, não há problema. Você pode escolher o seguro que quiser e o destino é apenas para mostrar os valores na moeda local e ser usado como referencia.

Como é um atendimento de emergência no exterior ?

Como eu já disse anteriormente, tanto eu como minha mãe já necessitamos de atendimentos de emergência nos Estados Unidos. Eu tive uma crise alérgica e o médico da Mondial Assitance veio até o meu hotel, fez a consulta e prescreveu medicação.  Enquanto minha mãe já teve uma infecção de urina durante um feriado na Philadelphia e tivemos que levá-la até um hospital para passar por consulta, fazer exames e sair medicada. Outra vez minha mãe (tadinha rs) teve uma mega dor de garganta na Flórida e a médica foi nos atender no hotel e fez na hora um exame para ver se era gripe (foi na época do pânico da H1N1).

Em ambos os casos o primeiro passo é ligar para o seguro (ambos tem atendimento em português), passar o número da apólice, explicar o problema e aguardar que a atendente diga se no seu caso um médico irá te visitar ou se terá que ir até um hospital mais próximo.

Em cidades mais turísticas há mais opções de médicos e hospitais, então sempre diga que precisa de um local de qualidade e próximo ao seu hotel. Em cidades menos turísticas as opções são menores, principalmente em seguradoras mais baratas.

Idade…

Na hora de cotar o seguro o viajante terá que informar a idade de cada membro da família. Viajantes com menos de 70 anos geralmente tem um valor e acima desta idade o valor pode dobrar. As seguradoras que eu conheço só oferecem seguros para pessoas de até 85 anos.

Não minta a idade jamais pois seus dados serão conferidos no atendimento.

Reembolso de gastos com remédios…

Tanto eu como a minha mãe precisamos de medicação. O médico passa a receita, você vai até a farmácia e pede para prepararem o remédio. Sim, no caso dos Estados Unidos, medicamentos como antibióticos são preparados (envasados especificamente para cada paciente) no prazo médio de uma hora e depois é só retirar.

O viajante tem que pagar os remédio na hora, mas no retorno da viagem basta mandar o pedido médico, as notas de comprovação de pagamento da medicação, que o seguro reembolsa o valor. Reparem sempre na cobertura de reembolso de medicação pois ela muda de seguro para seguro.

Vale lembrar que o seguro só reembolsará o valor de medicamentos receitados pelo médico de emergência local. Não adianta levar uma receita brasileira para lá que ela não será aceita, e nem comprar remédio lá sem receita, mesmo que o remédio seja vendido na gôndola. A seguro só reembolsa o que for solicitado pelo médico e comprovado.

Além da saúde…

Seguros de viagem também cobrem itens como assistência legal, reembolso por perda de bagagem, cancelamento da viajem, auxilio na emissão de gastos com passaportes provisório e outros itens importantes para a tranquilidade do viajante. Mais uma vez é importante analizar tudo isso na hora da escolha da companhia.

seguro-viagem_internacional

A apólice…

Você só estará assegurado depois que fizer o pagamento e receber a sua apólice. Imprima tudo direitinho e leve com você. Se não receber a sua apólice por email, entre em contato com a seguradora antes da viagem e não embarque sem o documento.

Normalmente as seguradoras enviam uma apólice em inglês e outra em português. Imprima as duas e leve-as sempre junto. Eu sempre deixo uma na minha bolsa e uma cópia com o marido.

Contratando seguros de viagem com desconto…

Antes do blog virar parceiro das seguradoras que nós utilizamos, eu sempre ia em busca de descontos nos blogs dos amigos. Os códigos de desconto são uma mão na roda na hora de economizar. Eu como sempre faço viagens com mais de 20 dias, gasto uma boa grana com seguros, então quanto mais descontos melhor.

Aqui estão os códigos de descontos das duas seguradoras que mencionei acima. 

Mundial Assistance –  Os descontos podem chegar a 60% de desconto para quem viajar em família. Utilize este link e fique de olho nos novos cupons do site. 

Premium Assistance – Update, o desconto aumentou. Use o código SPICYVANILLA20 dá desconto de 20% o ano todo.

Cote as seguradoras conhecidas no mercado, compare os tipos de seguros e coberturas e escolha o que mais lhe agrada. Independente da escolha, o importante é jamais deixar o seguro de viagens de lado. Esta economia pode sair cara 🙁

Se tiverem alguma outra dúvida que eu puder responder, só perguntar aqui embaixo.

seguro_viagem

Deixe um comentário em "Como escolher o melhor seguro de viagem ?"
  1. Vanessa de Faria
    04/06/2015

    Obrigadiiissiima pelo post!! Estava completamente perdida sobre em qual plano confiar! Passei um aperto uma vez em Paris, viajei sem seguro, fiquei um mês e doente!! Vou viajar nessas férias e já aprendi a lição: com saúde não se brinca, principalmente fora do seu país!!

  2. Que bom que ajudou 😉 Eu sou super encanada com isso e acho que não podemos deixar um bom seguro de lado de forma alguma. E ficar doente fora do país é um horror 🙁
    Mas espero que mesmo com seguro vc viaje vem e não precise usá-lo 🙂
    Bjs

  3. Lilian
    06/06/2015

    Oi Cinthia, eu fiz a cotação no mondial assistance pra duas pessoas, fiquei na duvida, será que o preço que eles nos passam é por pessoa?

  4. Que delícia de blog, Cinthia. Estava procurando algo sobre viagens, e adorei ter encontrado o seu cantinho. Eu nunca precisei fazer um seguro até o momento, mas para uma viagem mais longa ou mais distante eu nem saberia por onde começar a procurar e o seu post ajudou muito.

  5. Obrigada e bem vinda Patricia 😉
    E sim, seguro de viagens é essencial mesmo.
    Bjs

Atenção: todos os comentários aguardam moderação - não envie links no campo de texto pois seu comentário cairá diretamente na pasta de spam!