Boston Cultura Estados Unidos Massachusetts museu

Um minuto de cultura | Museum of Fine Arts, Boston

MFA_1 Quando chegamos em Boston, um envelope do BostonUSA.com repleto de atrações nos esperava no hotel. Como o dia seguinte amanheceu chuvoso, acabamos indo para o Prudential Center trocar o dia do nosso passeio de barco e de lá mesmo pegamos o metrô rumo ao Museum of Fine Arts. Afinal, nada melhor do que aproveitar um dia com tempo ruim conhecendo um dos melhores museus do mundo.

mfa_2

Felizmente o METRORail (que mais parece um ônibus) tem um ponto praticamente na frente do museu, então em pouco tempo já estávamos aproveitando bem o dia e longe da chuva.

Ganhamos o Boston City Pass (compre aqui) que é uma maravilha para quem pretende conhecer os grandes pontos turísticos da cidade economizando uma boa grana. Com ele entramos no museu e fomos direto na fila especial, apesar de ter pouquíssimo movimento no dia. Então se puder escolher, deixe para visitar o museu em um dia de semana, depois do almoço.

Museum of Fine Arts, Boston

O Museum of Fine Arts é um dos principais museus de arte do mundo e para minha felicidade, possui a maior coleção de Monet fora da França. As obras de arte são fantásticas, mas a arquitetura do local já ganhou meu coração logo na chegada. Tudo é tão lindo e tão diferente que dá vontade de ficar o dia todo por lá.

Como não posso fazer um post com todas as fotos que tirei, separei algumas obras que mais gostei para postar aqui.

museum_boston

Sempre fico com receio de não ter tempo suficiente, por isso, sempre começo a visita pelo ponto que mais me interessa, neste caso, a coleção de Monet. Do início de sua carreira, até as obras mais conhecidas, ver Monet para mim é uma oportunidade incrível. Não sou nenhuma conhecedora de artes, mas sou uma amante das obras do artista.

Museum of Fine Arts, monet 3

Na primeira imagem, uma obra do início da carreira de Monet, Rue de la Bavole, Honfleur (info). Já nos destaques abaixo,  Water Lilies – 1905 (info) e um dos meus preferidos, Camille Monet and a Child in the Artist’s Garden in Argenteuil  – 1875 (info)

Depois de ver Monet, uma das galerias que mais amei foi a Linde Family Wing, a galeria de arte contemporânea do MFA.

Museum of Fine Arts, Boston  7A última obra acima foi uma das que eu mais gostei. O Black River de El AnatsuiAqui no site podemos ver detalhes dos materiais utilizados na confecção.

Endlessly_Repeating_TwentiethUma das obras que mais chamavam a atenção dos visitantes era a Endlessly Repeating Twentieth Century Modernism, de Josiah McElheny (Aqui você poderá ler mais sobre a obra). Não tinha uma pessoa que passasse por lá e não perdesse alguns minutos olhando para o “infinito”.

Museum of Fine Arts, Boston 5 2

As galerias são lindíssimas e a ambientação de cada espaço deixam as obras ainda mais espetaculares. Incrível observar antigos retratos expostos em paredes vermelhas ou obras de arte modernas na frente de grandes janelas se misturando com a paisagem externa. Pinturas, fotografias, esculturas, objetos, joias, vitrais e mobiliários para todos os gostos contando um pouquinho de cada região e cada época.

Um museu fantástico, bem organizado e delicioso de se ver.

Museum of Fine Arts 1 O quadro acima é de The Poor Man’s Store (1885) de John Frederick Peto, americano nascido na Philadelphia. A técnica usada é a Trompe-l’œil, algo que “engana os olhos” e nos faz perder a noção da dimensão exata da obra. Fiquei tão fascinada pela obra que ali mesmo no museu peguei o celular e comecei a procurar mais informações sobre o artista em questão.

Museum of Fine Arts, Boston 8

Outro quadro que me deixou encantada foi o Rehearsal of the Pasdeloup Orchestra at the Cirque d’Hiver, de John Singer Sargent (aqui você poderá ler mais sobre a obra). Confesso que parei bons minutos para observar quase um movimento real e sonoro deste quadro. Não é perfeito?

Enquanto eu babava em alguns quadros e mobiliários de época, o marido fico encantado com o setor de navegação. As miniaturas de navios são realmente verdadeiras relíquias.

Museum of Fine Arts, Boston  4 3

Sair do Museum of Fine Arts com a desculpa de estar com fome, não cola. O museu conta com duas cafeterias, o restaurante Bravo, com opções mais requintadas e New American Café, com pequenos pratos e deliciosos lanches (detalhes).

Como não queríamos perder muito tempo, pois ainda tínhamos muitas obras por ver, escolhemos o New American Café, que fica em um espaço aberto e lindo do museu e pedimos nossos lanches. Delícia poder almoçar no meio daquele espaço incrível.

meuseu_boston_1

Na minha opinião o Museum of Fine Arts é definitivamente um dos museus mais lindos e apaixonantes que já conheci, e olhem que felizmente já tive a oportunidade de conhecer grandes museus dos EUA e da Europa. O MFA tem uma mistura incrível de arquitetura, obras incríveis expostas em uma ambientação fantástica. Não vejo a hora de voltar a Boston e com certeza voltar ao Museum of Fine Arts.

Reserve pelo menos 2 horas se quiser ver tudo rapidamente, ou escolha as exposições que mais lhe interessam e dediquem mais tempo a elas. O museu é bem grande e mesmo pulando várias áreas, ficamos quase 5 horas lá dentro sem perceber o tempo passar e só fomos embora pois tínhamos muitas coisas para fazer na cidade. Se for a Boston, não deixe de fazer uma visita.

Informações: Museum of Fine Arts, Boston Avenue of the Arts 465 Huntington Avenue Boston, MA 02115 (valores e horários)

Este passeio foi realizado com o CityPass e oferecido por BostonUSA.com

.

Vai para Boston ? Estes posts podem ser interessantes para você…

 

Você também pode gostar...

Nenhum comentário

    Comente aqui

    Translate »