• #CinthiaNaCozinha | Receitas Doces e salgadas com passo a passo

    Para facilitar a busca de todos, resolvi fazer este post com todas as receitas que foram postadas aqui no Spicy Vanilla. São receitas doces, salgadas e deliciosas. Fotos do passo a passo para ajudar até quem não ainda não tem muita experiência na cozinha. Gire a barra de rolagem e...

    Leia mais...
  • 10 itens para não esquecer na hora de planejar o orçamento da sua viagem

    Pois é pessoal, aproveitei um dos meus 30 dias em Buenos Aires e gravei um vídeo reunindo dicas que muita gente me pede. Falei sobre os 10 itens que você não deve esquecer na hora de planejar o orçamento da sua viagem. No vídeo eu comentei um pouco sobre cada...

    Leia mais...
  • Vídeo | Dicas para fazer compras nos outlets dos Estados Unidos

    Por mais que eu fale de roteiros, passeios e comidinhas, o que mais me pedem são dicas de compras. Então separei umas horinhas desta última viagem para falar sobre os famosos outlets dos Estados Unidos e dar algumas dicas úteis. Há uns 15 anos visitei meu primeiro outlet nos Estados...

    Leia mais...
Postado por Cinthia Ferreira em 23-jun-2017

Vlog em Lugano, a Suíça Italiana | O que fazer na cidade, Monte Brè de carro e hotel de luxo

Geral

No vlog de hoje um tour por Lugano, a cidade mais famosa da Suíça Italiana onde ficamos hospedados em um hotel spa espetacular, visitamos a cidade, comemos muito bem e visitamos o espetacular Monte Brè.

Veja aqui nosso roteiro pela Suiça

Aperte o play ou clique aqui para assistir.

Saiba mais sobre o hotel The View Lugano e faça sua reserva aqui

Mais posts sobre a Suiça

Veja todos os videos que gravamos na Suíça aqui:

➜ Compre seu passe de trem para a Europa aqui

Dicas para viajar no inverno na Europa com malas de mão

➜ Veja aqui todos os posts sobre a Suiça

➜ Veja aqui nosso roteiro pela Suiça

➜ Veja mais fotos no meu insta de viagem @SpicyVanillanoMundo e na hashtag #SpicyVanillaNaSuiça

➜  Veja aqui todos os posts sobre nossas viagens pela Europa

—————————————-­­­————————————————

Quer quiser ficar por dentro de tudo que por postado aqui poderá receber o conteúdo completo de cada post em seu email. Basta assinar a newsletter do blog aqui

Mais posts sobre a Suiça

O Spicy Vanilla esteve em Lugano a convite de Hotel The View Lugano 

Postado por Cinthia Ferreira em 06-jun-2017

Trem panorâmico na Suíça | Luzern – Interlaken – Montreux

Europa, Interlaken, Luzern, MInhas Viagens, Montreux, Planejando sua Viagem, Suiça, Turismo

Não tem como falar de fantásticas viagens de trem na Europa sem citar pelo menos um trem panorâmico Suíço.  Afinal o país tem uma extensa malha ferroviária e uma das rotas cênicas mais lindas do mundo.

Nós passamos um mês viajando dentro da Suíça de trem e tivemos o prazer de conhecer quase todos os trajetos mais conhecidos pelos viajantes ( Veja aqui o nosso roteiro completo da Suíça) e hoje eu conto mais sobre a GoldenPass Line, um famoso roteiro com 3 trens diferentes e 3 cidades turísticas imperdíveis. Luzern (posts aqui), Interlaken (posts aqui) e Montreux (posts aqui).

Assista nosso vlog mostrando a viagem, um tour pelo hotel e um passeio por Interlaken. Aperte o play ou clique aqui.

Gostaram do vídeo ? Então veja aqui todos os nossos vídeos sobre a Suíça 

O primeiro trem panorâmico que pegamos lá foi para ir de Montreux até Gruyére (post aqui) e foi espetacular. Mas o trecho de Luzern até Interlaken foi simplesmente perfeito. Lagos de cores quase inacreditáveis, montanhas branquinhas de neve e casinhas coloridas nos vilarejos cortados pela ferrovia. Quase duas horas de tirar o fôlego.

Mas vamos falar mais do passeio de trem…

A GoldenPass Line passa por várias cidadezinhas, você pode parar na estação que quiser, mas normalmente os viajantes saem de Luzern ou Montreux e param em Interlaken para visitar a Jungfrau.

Quem quer apenas curtir o passeio e ver a paisagem, pode fazer tudo em uma tacada só, apenas mudando de trem em Interlaken e Zweisimmen, mas preparem-se para um trajeto de 5 horas pelo menos.

Parar um ou mais dias em Interlaken é perfeito para conhecer os maravilhosos lagos e as montanhas da região, incluindo a icônica Jungfrau. Foi o que nós fizemos e, se eu repetisse o passeio, ficaria pelos menos duas noites em Interlaken.

Como já falei em outros posts, nós viajamos com um passe de trem da Suíça que se chama SwissPass (compre o seu aqui e receba no Brasil). Há passes de 3, 7 e 15 dias. Versão flex, que você usar um número x de dias dentro do período (o nosso eram 15 dias dentro de um mês), ou o tradicional, que você viaja até 15 dias consecutivos, quantas viagens quiser. Então, para pegar estes ou qualquer trem na Suíça, basta entrar no trem que quiser e procurar um local.

Se quiser sentar-se em um local específico do trem o ideal é que você faça uma reserva de assento e o preço varia de linha para linha.  Apenas no  Glacier Express que as reservas são mandatórias (acho que pagamos 15 francos por pessoa e se fosse no verão seria 30), mas nos demais trens não são necessárias reservas, a não ser que seja alta temporada e você não queira correr o risco de não sentar perto de uma bela janela.

Agora quem vai passar menos de 3 dias na Suíça ou vai fazer apenas poucos trajetos, pode valer a pena comprar somente os bilhetes separados. A questão aqui é não perder tempo e fazer contas. Entre no site da SBB (empresa ferroviária da Suíça), simule as viagens e compare com o preço dos passes. Se quiser fazer só a GoldenPass Line, pode comprar direto no site deles.

Na foto acima um exemplo de um dos trens e alguns detalhes que são importantes para o viajante que quer ver as belas paisagens. Não são todos os trens que são panorâmicos então fiquem atentos a legenda para saber se no horário escolhido o seu trem haverá vagões panorâmicos, restaurantes e outros detalhes.

Nestes 3 trajetos da GoldenPass line, pegamos 3 tipos de trens diferentes. O tipo de assento muda, as janelas mudam e os restaurantes também. No trajeto Zweisimmen até Montreux você pode escolher se quer o trem GoldenPass Classic, um trem de época todo charmoso ou o GoldenPass Panoramic, um moderno com janelas até o teto, igual este da foto.

Os assentos…
Como eu disse acima, neste trajeto nós pegamos 3 trens diferentes com configurações diferentes. Mas além dos trens diferentes, há vagões diferenciados dentro de cada trem.

Nosso ticket dava direito a primeira e segunda classe e a grande vantagem no nosso caso é que quase sempre a primeira classe estava vazia e foi maravilhoso. ficávamos mudando de assentos e às vezes até de vagão, assim pegávamos as melhores paisagens. 
Nas fotos acima vocês podem reparar nas diferentes configurações dentro da primeira classe. Há vagões com mesinhas, vagões com salinhas privativas e vagões com assentos tradicionais. Se não houver indicação de que o assento esteja reservado (ou um tecido vermelho no encosto, ou uma plaquinha na lateral) você pode sentar onde quiser.

A segunda classe também tem ótimos bancos e espaços, normalmente um pouquinho menor e menos confortável, mas a grande diferença foi mesmo a quantidade de gente em casa vagão.

Rail Europe - O melhor lugar para sua viagem de trem

No nosso primeiro dia de viagem (Luzern – Interlaken) pegamos um dia maravilhoso. Era inverno e começamos com céu azul, depois subimos a montanha toda nevada e descemos vendo os lagos em um tom turquesa surreal. A paisagem vista de dentro do trem é realmente belíssima.

Já no segundo dia que saímos de Interlaken, trocamos de trem em Zweisimmen e chegamos até Montreux, pegamos muita neve, chuva e em alguns momentos não era nada divertido olhar para fora. Mas mesmo assim tiveram partes com neve que estavam lindíssimas. Mas aqui no vídeo você conseguirão ver bem isso. No final felizmente conseguimos pegar um pôr do sol lindo em Montreux.

Ainda farei um vídeo explicando como funcionam os passes de trem an Suíça, as reservas e nossas viagens preferidas. Mas já adianto que até aqui foi espetacular e eu quero muito fazer a GoldenPass Line novamente em outra estacão. Na primavera deve ser perfeito.

Viaje com SwissPass (compre o seu aqui e receba no Brasil)

Veja mais fotos de Interlaken e da Suiça no instagram @spicyvanillanomundo e na hashtag #SpicyVanillaNaSuiça

Quem quiser ficar por dentro de tudo que for postado aqui poderá receber o conteúdo completo de cada post em seu email. Basta assinar a newsletter do blog aqui.

Mais posts sobre a Suíça

O Spicy Vanilla viajou de trem pela Suíça a convite de Swiss Travel System

Postado por Cinthia Ferreira em 28-maio-2017

Suíça | Como chegar e o que fazer em Interlaken, cidade próxima ao Jungfrau

Europa, Interlaken, MInhas Viagens, Suiça, Turismo

Mais uma cidade incrível e com paisagens incríveis na Suíça. Hoje conto um pouquinho mais sobre Interlaken, a cidade que fica entre os lagos Brienzersee e Thunersee e famosa por ser ponto de partida de quem vai subir a montanha Jungfrau.

Mas antes de começarmos o post, segue o vlog da nossa viagem de trem até Interlaken e um passeio pela cidade e pelo nosso hotel. Aperte o play ou clique aqui.

Gostaram do vídeo ? Então veja aqui todos os nossos vídeos sobre a Suíça 

Agora os detalhes da nossa curta passagem por Interlaken…

Veja aqui o nosso roteiro completo da Suíça

Como chegar em Interlaken ?

Interlaken tem duas estações de trem (Interlaken Ost e Interlaken west). Ambas bem pertinho do centro da cidade. A linha mais famosa de quem viaja pela região é a GoldenPass Line, rota que faz o trajeto Luzern-Interlaken-Montreux e tem trens panorâmicos com paisagens maravilhosas. Montanhas, lagos e campos.

Nós fizemos este passeio, como mostramos no vídeo, e usamos o SwissPass. Com o passe não precisamos nem fazer reservas dos assentos e viajamos em 3 tipos de trens. Primeira etapa de Luzern até Interlaken, depois seguimos para Zweisimmen, trocamos de trem e seguimos para Montreux, terminando assim o percurso proposto pela rota cênica.

A viagem em si já é o passeio, pois passamos por paisagens perfeitas durante todo o trajeto. No vídeo eu mostro um pouco da viagem, mas farei um post exclusivo do passeio.

Mas claro que é possível chegar até a cidade de carro, ideia interessante para quem não tem muito tempo para depender dos horários de trem.

Quanto tempo em Interlaken ?

Muitas pessoas passam apenas algumas horas em Interlaken, antes ou depois de subir ao Jungfrau. Mas a cidade oferece várias atrações próximas e que são interessantíssimas, principalmente quando o clima estiver bom.

Nós passamos apenas uma noite na cidade e por conta de uma tempestade, não pudemos nem subir ao Jungfrau. Pegamos o primeiro dia lindo e ensolarado e o segundo não conseguíamos nem avistar mais as montanhas.

Eu sugiro pelo menos duas noites para fazer uns 3 ou 4 passeios ao redor. Ou pelo menos ver os lagos, subir ao Jungfraujoch, Harder Kulm e pegar o trem Brienzer Rothorn.

O que fazer em Interlaken e região?

A cidade em si já é uma atração. Pequena, conservada e com paisagens que mais parecem quadros impressionistas.

A rua principal é repleta de lojinhas e restaurantes e a cidade velha é uma graça. As pontes, a região do lago são tão lindas eu diria que as melhores fotos da nossa viagem foram feitas por lá.

Próximos do centro está o mirante Harder Kulm de onde é possível avistar os lagos e aproveitar a vista do restaurante que fica lá no topo. Aqui tem um post do Viaje na Viagem mostrando mais o passeio.

Outro passeio interessante é a St Beatus Caves. Uma rede de cavernas com mais de 1km com estalactites, cachoeiras e outros atrativos para os visitantes. Fica apenas 20 minutos do centro da cidade.

No verão ainda há o passeio no Schynige Platte, trem com vagões abertos e que tem vistas espetaculares, trilhas e outras atividades no verão.

Como visitar o Jungfrau ?

Claro que o passeio mais procurado por quem está na região é o Jungfraujoch – Top of Europe. Como eu disse no vídeo, a tempestade nos impediu de fazer o passeio, o que não foi tanto problema pois nossa montanha escolhida da viagem era o Matterhorn em Zermatt ( a montanha do toblerone) e lá deu tudo certo.

Mas estando em Interlaken ou região, subir ao Jungfrau é quase um passeio obrigatório se o tempo estiver bom. A subida é feita de trem e é lá que fica a estação de trem mais alta da Europa. Aqui no blog Mochilando tem um post sobre o passeio para quem quiser saber mais detalhes. Como complemento ao post, vale lembrar que quem estiver viajando com o SwissPass tem desconto no trajeto até o Jungfrau.

 

Mas se estiver em Interlaken perto do anoitecer, o pôr do sol é maravilhoso. Caminhe pela borda do rio Aar e veja os elegantes cisnes que nadam por lá.

Como viram no vídeo, nós ficamos pelo menos uma hora ao redor do rio fazendo fotos belíssimas.

A cidade também abriga um antigo Casino junto com o centro de convenções. Nós não chegamos a entrar mas o parque ao lado de fora é bem bonitinho.

Durante o inverno o Ice Magic é a grande atração de quem está hospedado na cidade. A pista fica na frente do hotel Victoria Jungfrau e é a maior pista aberta da Europa.

Lá o visitante paga uma taxa para utilizar as pistas e outra que pode incluir aluguel de equipamento. Há pistas para iniciante, crianças e pistas para quem já tem experiência na patinação no gelo.

Ao redor da pista há barracas de comidinhas e áreas aquecidas para um bate papo.

Onde se hospedar em Interlaken…

Nós nos hospedamos no hotel mais histórico e famoso de Interlaken, o Victoria Jungfrau Grand Hotel & Spa. O hotel é um cinco estrelas espetacular e perfeito para datas especiais. Fiz resenha sobre ele aqui.

Mas a pequena cidade tem inúmeros hotéis para todos os gostos e bolsos. Aqui você poderá conferir as opções.

Onde comer em Interlaken…

Há dezenas de restaurantes na cidade e sem conhecer é bem difícil de escolher. Há muitas opções turísticas e usar um TripAdvisor da vida pode ser útil para ajudar na escolha.

O La Terrasse, premiado com 15 pontos no Guia Gault Millau e o italiano Quaranta Uno ficam dentro do Victoria-Jungfrau. Nas travessas da rua principal há vários restaurantes de carnes, massas e várias lojinhas de chocolates.

Nós só passamos uma noite por lá e resolvemos escolher um restaurante tradicional com comida local pois queríamos comer raclette e fondue então nos indicaram o Restaurant Taverne que tem estilo chalé, como a maioria dos restaurantes típicos da Suíça, É simples mas bonitinho. Confesso que não foi o local mais incrível que comemos, mas tanto o fondue como a raclette estavam ok. Nada perto do que comemos em Zermatt ou em Gruyere, mas não foi ruim.

Além de lá comemos chocolates locais e adoramos o café da manhã do hotel.


O Spicy Vanilla esteve em Interlaken a convite de Interlaken Turismo

Veja mais fotos de Interlaken no instagram @spicyvanillanomundo e na hashtag #SpicyVanillaNaSuiça

Quem quiser ficar por dentro de tudo que for postado aqui poderá receber o conteúdo completo de cada post em seu email. Basta assinar a newsletter do blog aqui.

Mais posts sobre a Suíça